homepage‎ > ‎

Escola Técnica Congonhas_news




EMIRATES EM OUTUBRO!

posted Oct 5, 2011, 2:40 PM by Unknown user


SÃO PAULO

29 OUTUBRO 2011

9 AM

 

Intercity Premium Ibirapuera

2577 Ibirapuera Ave., Moema

Sao Paulo/SP

 

DETAILS:

No seat booking is required for these dates/Open Day events

There are many vacancies. Candidates are not competing with each other.

  • The event is OPEN TO ALL interested parties.
  • Don't wait until the last Open Day to attend as there is a maximum number of candidates that can qualify for the next stage of the process - Assessment Day.

    Be on time as the event starts at the time indicated above.

    Candidates that have taken part of previous open days must retake the English interview and test (if applicable) to requalify. They do not need to sit in the presentation again.

    Pay attention to dress code and documents needed below.

    Do not phone the hotel, or Emirates office in SP as they do not have any information on the process.

    Read and understand the requirements listed at www.emirategsroupcareers.com

  • ENGLISH MUST BE ADVANCED!
  •  

    *******************************************************************************************************************************************

    BEFORE OR AFTER THE OPEN DAY YOU MUST REGISTER YOURSELF AT: http://ekgrpapplications.emirates.com/Careersonlineapps/Common/ProfilePage.aspx

    ********************************************************************************************************************************************

    DRESS CODE:  BUSINESS ATTIRE.

    What to bring to the Open Day:

    · Your English Resume

    · 2 Passport size face photos – business attire and smiling (ladies must wear make-up and hair tied)

    · 1 or 2 face/full body photos (casual – any type!)

     

    Open Day:

     · Company presentation and videos

     · Questions and answers

     · English written test (If applicable)

     · Personal English interview

    · It is expected to last around 3 to 5 hours depending on number of candidates

    All details will be explained during the event.

    The above events are open to ALL interested candidates.

    If you are successful, you will be invited to attend the next stage - ASSESSMENT DAY.

    Requirements for the Cabin Crew position are clearly stated at www.emiratesgroupcareers.com

    Candidates that participated in past events must retake the English written test and interview to re-qualify, please observe the 6 month wait period between applications.

    Fly Right Intl and/or Emirates Airline are NOT responsible for any expenses that might occur on taking part of these events.

    Candidates are expected to have read and understood all information provided. Emails us if you still have questions: info@flyrightintl.com

    The participation in any event is not a guarantee of employment or selection to further stages of the process.

    Gol prevê mais 4 parcerias internacionais este ano

    posted Feb 15, 2011, 5:45 AM by Unknown user

    Glauber Gonçalves, da Agência Estado

    RIO - A Gol anunciou nesta quinta-feira, 3, que planeja assinar mais quatro acordos de compartilhamento com companhias internacionais em 2011, mantendo a estratégia de fechar parcerias individuais. Esse tipo de cooperação prevê que uma empresa aérea transporte passageiros cujos bilhetes tenham sido emitidos por outra companhia. Ao contrário da concorrente TAM, que integra a Star Alliance, a Gol tem descartado ingressar numa aliança global desse tipo.

    Nos últimos dois anos, a empresa já assinou acordos de cooperação com American Airlines, Delta Airlines, Aeromexico, Iberia, Air France-KLM e, mais recentemente, com a asiática Qatar Airlines. Alguns dos acordos preveem a integração do programa de milhagem da aérea, o Smiles, com o da companhia parceira.

    Em conferência com investidores, o diretor financeiro da Gol, Leonardo Pereira, afirmou que esse tipo de acordo complementa a estratégia da empresa de se focar no mercado doméstico. "O Brasil é um mercado muito competitivo, mas há espaço para todos. O importante é que temos nos concentrado no mercado doméstico e temos feito nos últimos 24 meses um portfólio de alianças individuais com grandes players de longo percurso", disse.

    Pereira reafirmou o plano de lançar este ano uma plataforma de entretenimento nos voos, permitindo que os usuários acessem conteúdo por meio de seus próprios dispositivos móveis. Para isso, a empresa vai utilizar um sistema de comunicação já instalado nas aeronaves e utilizado na operação dos voos.

    "Quando o avião chega ao portão, nós carregamos o servidor e estabelecemos uma espécie de intranet no avião, permitindo que os passageiros usem seus próprios dispositivos". O diferencial da plataforma, disse ele, será o baixo custo de implantação e também de utilização por parte dos clientes.

    Liminar suspende restrições de pousos e decolagens no Santos Dumont

    posted Feb 15, 2011, 5:44 AM by Unknown user

    Glauber Gonçalves - Agência Estado

    Previstas para entrar em vigor esta semana, as restrições do número de pousos e decolagens e do horário de funcionamento do aeroporto Santos Dumont, no Rio, foram suspensas por uma liminar obtida pela Infraero na Justiça Federal. Em dezembro, o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) concedeu licença de operação para o aeroporto proibindo a operação de voos antes das 6 horas e depois das 22h30.


    Na decisão, o juiz Marcello Enes Figueira afirma que a delimitação da quantidade de voos é competência da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e não do órgão ambiental. O Inea havia determinado que o número de partidas e chegadas por hora fosse reduzido de 23 para 14 entre 6 horas e 8 horas e das 20 horas às 22h30, desagradando as companhias aéreas e a Infraero.


    Se as limitações fossem efetivadas, muitos voos teriam de ser redirecionados para o Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), localizado na Ilha do Governador, a 20 quilômetros do centro da cidade.


    A determinação de cortar a quantidade de voos foi motivada por uma escalada no número de reclamações de moradores de oito bairros - Santa Teresa, Catete, Flamengo, Botafogo, Glória, Laranjeiras, Urca e centro - incomodados com os ruídos decorrentes da movimentação das aeronaves.

    Um relatório do Inea mostrou que cerca de 30% dos pousos e decolagens estavam sendo operados pela rota que passa pelo espaço aéreo dessas áreas. A recomendação, entretanto, é de que esse trajeto seja utilizado apenas em casos extraordinários.

    Segundo o diretor técnico do Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (Snea), comandante Ronaldo Jenkins, as companhias já definiram rotas alternativas para resolver o problema. A previsão é de que a mudança de trajeto seja feita em junho. "O planejamento está pronto e aprovado pelas empresas, que o testaram em simuladores de voo. Mas isso demanda tempo para ser implementado, pois mexe com mais de 200 procedimentos de voo no terminal do Rio", explica.

    Com operações antes restritas a ponte aérea Rio-São Paulo, táxis aéreos e jatos executivos, o aeroporto Santos Dumont, localizado na região central do Rio, começou a receber voos nacionais de longa distância em 2009 por decisão da Anac. Na época, o governador Sérgio Cabral criticou duramente a agência reguladora e ameaçou retaliações, justificando que a medida esvaziaria o Galeão. No fim, o governo acabou acatando a determinação da Anac.

    Anac: demanda em voo nacional sobe 16,4% em janeiro

    posted Feb 15, 2011, 5:43 AM by Unknown user

    AE - Agencia Estado

    SÃO PAULO - As companhias aéreas brasileiras registraram crescimento de 16,43% no fluxo de passageiros transportados no País em janeiro, na comparação com o mesmo período de 2010, segundo dados divulgados hoje pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Em janeiro, a taxa média de ocupação dos aviões nas rotas domésticas foi de 78,65%, ante 76,87% de janeiro de 2010.

    A TAM manteve-se na liderança em janeiro, com 43,35% do mercado. O grupo Gol/Varig ficou em segundo lugar, com participação de 37,27%. A Azul está na terceira posição, com 7,74% do mercado doméstico em janeiro, seguida pela Webjet, com 5,53%, a Avianca, com 2,54%, e a Trip, com 2,51%.

    A Anac também informou hoje que a demanda por voos internacionais operados por companhias brasileiras cresceu 11,48% em janeiro na comparação com o mesmo mês de 2010. A taxa de ocupação no mês passado de 77,82% nas rotas ao exterior ficou abaixo da de janeiro de 2010, que foi de 79,65%. Nos voos destinados a outros países, a TAM liderou em janeiro com 85,20% do mercado, ante 86,04% em período correspondente de 2010. A Gol/Varig, por sua vez, ficou com 13,35% deste segmento, ante fatia de 13,93% detida em novembro de 2010.             

    Azul registra alta de 88,38% na demanda em janeiro

    posted Feb 15, 2011, 5:43 AM by Unknown user

    AE - Agencia Estado

    SÃO PAULO - A Azul, terceira maior empresa aérea nacional, encerrou janeiro de 2011 com um crescimento de 88,38% na demanda doméstica ante janeiro de 2010, segundo os dados divulgados hoje pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Na mesma comparação, as duas maiores empresas do setor - TAM e Gol/Varig - registraram crescimento de 17,28% e 5,82%, respectivamente.

    A Avianca teve alta de 34,97% em janeiro deste ano em relação ao mesmo período do ano passado, enquanto a Trip teve um aumento de 76,38% na demanda. Entre as maiores empresas do setor, a Webjet foi a única que registrou queda na demanda de passageiros no período, com recuo de 2,64%.

    Faltam profissionais!

    posted Jan 21, 2011, 4:05 AM by Unknown user

    Até 2020, segundo a Iata, as companhias aéreas no mundo vão precisar comprar 12 mil novos aviões, sendo 5.500 necessários para atender novos passageiros
    A Associação Internacional do Transporte Aéreo (Iata) informa que a América Latina precisará formar 28 mil pilotos de avião nos próximos 20 anos para evitar falta de pessoal, já que o número de passageiros e novas aeronaves aumentará cada vez mais na região. A estimativa da Iata coincide com o alerta da entidade dos aeronautas no país, de que muitas tripulações tiveram excesso de jornada de trabalho nos últimos dias e não podem continuar operando, o que resultará em mais atrasos nos voos neste fim de ano.
    Em Genebra, a Iata vem advertindo sobre a situação "vergonhosa" da infraestrutura aérea no Brasil. Mas não se posicionou sobre o caos provocado pela neve nos aeroportos na Europa, o que é visto pela opinião pública como "incompetência generalizada" de quem dirige os aeroportos no velho continente.
    Para a Iata, parece claro que outro problema que pode surgir no futuro na América Latina envolve falta de pilotos qualificados. Guenther Matschnigg, diretor de Segurança, Operações e Infraestrutura da Iata, disse ao Valorque a América Latina precisará de 37 mil pilotos por volta de 2029. O Brasil representa metade do setor aéreo na região. A Iata chegou a essa cifra usando estimativas fornecidas pelos fabricantes de aeronaves, sobretudo Airbus, Boeinge Embraer.
    Como resultado dessa necessidade e levando em conta aposentadorias e outros "abandonos", a Iata calcula que precisarão ser treinados 28 mil pilotos nos próximos 20 anos para atender a América Latina.
    Globalmente, as companhias aéreas vão precisar comprar 12 mil novos aviões até 2020, ao custo de US$ 1,3 trilhão. Desses, 6.500 aparelhos vão substituir aeronaves existentes e outros 5.500 são necessários para atender a demanda adicional.
    Parte grande dessa demanda vem da Ásia e da América Latina, para onde está havendo uma mudança crescente no fluxo de voos, estimulado pelo dinamismo da economia. A classe média (com renda diária entre US$ 10 e US$ 100) vai aumentar fortemente e viajará mais de avião.
    Para a América latina, a expectativa é de 62,2 milhões de novos passageiros nos próximos cinco anos. O número de passageiros na região pulará de 122,1 milhões em 2008 para 175,6 milhões em 2014, representando 53,5 milhões a mais em voos internos. Nos voos regionais, serão 9,7 milhões de novos passageiros, totalizando 30,2 milhões nos próximos cinco anos. As cifras são consideradas conservadoras, levando em conta o avanço da classe C no Brasil.
    A Iata enviou um novo representante permanente para o Brasil e se diz pronta a ajudar, mas considera que o governo brasileiro deve começar o diálogo.
    Guenther Matschnigg estima haver tempo para fazer reformas e evitar mais caos no setor aéreo brasileiro durante a Copa do Mundo de Futebol de 2014 e a Olimpíada de 2016, tudo isso associado à expansão da demanda interna.
    Uma prioridade da Iata é implementar no Brasil, antes de 2014, o Performance Based Navigation (PBN), um conjunto de regras que tem por objetivo registrar alta precisão nas aterrisagens. Também quer ajudar numa transição "sem fricções" no controle aéreo brasileiro, dos militares para os civis. A Iata organizará eventos sobre segurança e infraestutura aérea no país, no ano que vem.

    Infraero simula acidente com avião no mar em Florianópolis

    posted Nov 12, 2010, 4:02 AM by Unknown user

    Data: 09/11/2010 / Fonte: Terra

    Santa Catarina - A Infraero realizou treinamentos de resgate durante a simulação de um acidente aéreo na tarde desta sexta-feira, 29, na Baía Sul de Florianópolis. Cerca de 200 pessoas participaram da ação, entre profissionais da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Exército, Aeronáutica, Corpo de Bombeiros, Capitania dos Portos e funcionários voluntários do Aeroporto Internacional Hercílio Luz.

    No exercício, foi simulado o pouso forçado de um avião no mar, diante da Base Aérea de Florianópolis, deixando 20 pessoas feridas. O resgate consistia em buscar as vítimas na água e realizar os procedimentos de primeiros socorros em terra.

    Os feridos, representados por militares, chegaram a estar maquiados para simular ferimentos graves. Quatro helicópteros, lanchas e ambulâncias também auxiliaram no exercício.

    De acordo com o gerente de segurança da Infraero no Aeroporto Internacional Hercílio Luz, Antônio Manoel de Lima, os funcionários do terminal catarinense participaram de um treinamento de uma semana para atuarem no socorro em caso de acidentes aéreos. Ele afirmou que os procedimentos de segurança adotados pela estatal envolvem várias entidades militares e civis e que o tempo de resposta para a chegada das equipes no local é de três minutos.

    "Trabalhamos com essa cronometragem no caso específico de acidentes envolvendo aeronaves. Mais do que três minutos não é considerado um tempo satisfatório", disse. "Neste treinamento conseguimos verificar a eficácia dos procedimentos de segurança adotados, bem como os meios que usamos para chegar ao local de um possível desastre. Ao simularmos um acidente grave, ainda averiguamos as reações dos voluntários em casos de pressão".

    Mérito dos profissioais de Segurança do Trabalho!

    posted Nov 12, 2010, 3:58 AM by Unknown user

    Anuário Estatístico indica queda nos acidentes de trabalho
    Data: 04/11/2010 / Fonte: Assessoria de Imprensa MPS

    Ilustração: Beto Soares/Estúdio Boom

    O número de mortes relacionadas a acidentes de trabalho caiu 11,4% em 2009, comparando com 2008, segundo o Anuário Estatístico da Previdência Social 2009, já disponível na página do Ministério da Previdência Social. Em 2008 houve 2.817 mortes em vários setores de atividades, número que no ano passado caiu para 2.496.

    Também houve redução do número total de acidentes notificados no país. No ano passado, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) registrou 723.452 acidentes de trabalho, número 4,3% menor que em 2008, quando foram notificados 755.980 acidentes.

    A boa notícia, segundo o diretor do Departamento de Políticas de Saúde e Segurança Ocupacional, Remígio Todeschini, deve-se ao trabalho integrado que vem sendo feito pela Comissão Tripartite de Saúde e Segurança no Trabalho (CTSST), desde o início de 2008, no combate à acidentalidade e às mortes nos locais de trabalho.

    "Nesse período", destaca Todeschini, "houve maior conscientização de todos os envolvidos na CTSST, que além de aprovar a Política Nacional de Segurança e Saúde no Trabalho vem atuando para diminuir os acidentes nos setores mais críticos, como no da construção civil e do transporte rodoviário de cargas".

    Na comissão, além dos representantes do governo federal na área de Previdência, Saúde e Trabalho, há a participação paritária das centrais sindicais e das representações empresariais.

    Dados mais completos e detalhados sobre acidentes de trabalho serão divulgados até o final do ano, quando deverá ser publicado o Anuário Estatístico de Acidentes do Trabalho 2008 - publicação conjunta dos Ministérios da Previdência Social e do Trabalho e Emprego.

    Os dados do anuário Estatístico da Previdência Social estão disponíveis no site www.previdencia.gov.br, na seção "Estatísticas"

    OPORTUNIDADE DE EMPREGO!!

    posted Nov 12, 2010, 3:52 AM by Unknown user

    Veja no anexo abaixo!!

    Líder Aviação adquire o quarto helicóptero S-92 de sua frota

    posted Nov 1, 2010, 7:30 AM by Unknown user

    A Líder Táxi Aéreo recebeu seu quarto helicóptero S-92 da fabricante Sikorsky. (Foto: Líder)

    A Líder Aviação anunciou a compra de mais um helicópteroS-92, da Sikorsky Aircraft Corp, em apoio às operações offshore de petróleo no Brasil. Oacordo foi firmado em cerimôniarealizada na NBAA, feira norteamericana de aviação executiva, em Atlanta/EUA.

    Este é o quarto helicóptero de grande porteadquirido pela Líder, que já opera modelos S-92 no país há mais de um ano,tendo sido a primeira a voar com este helicóptero na região. Com a nova aquisição,a frota da empresa soma agora 54 helicópteros e é a maior da América Latina.

    Este contrato fortalece o relacionamento de30 anos entre as duas empresas – a Líder opera mais de 40 helicópterosSikorsky, modelos S-76 e S-92. “Estamos extremamenteo satisfeitos que aLíder Aviação continue a procurar a Sikorsky para as suas necessidades detransporte offshore”, afirmaCarey Bond, presidente da Sikorsky Helicopters Global. “O compromisso coma qualidade de nossos produtos é uma grande prova para a forte relação das duasempresas e o bom desempenho de nossos helicópteros”, completa.

    A Sikorsky Aircraft Corp., sediada em Stratford,Connecticut, EUA, é líder mundial em projetos, manufatura e serviços dehelicópteros. A United Technologies Corp, controladora da Sikorsky, sediada em Hartford, Connecticut, EUA, fornece uma ampla gama de produtos de altatecnologia e serviços de apoio aos sistemas aeroespaciais e de construção.

    Fonte: Hipertexto Consultoria e Assessoria de Imprensa

    1-10 of 67

    Comments